A Marca de Lágrima ... (By Reinaldo Sagica)

Olá para todos... Estou eu, Reinaldo Sagica, postando no Blog da Elaine... Apesar do meu último post ser mais uma grande comédia, eu sou um cara sério e estou aqui para falar de mais uma das várias marcas de lágrima que a Elaine deixou no meu ombro.
Quando se ama uma pessoa mais do que tudo é comum tornar-se mais que um simples namorado, somos amigos, confidentes e muitas outras coisas. Somos um o reflexo do outro, somos o que o outro não é para que o cálculo mais difícil da existência humana seja executado de forma perfeita; o cálculo em que dois são apenas um. Dois corpos, um coração, um destino...
Nesse interim eu aprendi uma coisa com a Elaine, chorar por nada... Chorar porque o corpo precisa liberar emoção e energia negativa. Diferente de mim que me escondia no basquete para me livrar das frustrações a Elaine chora... Não é um choro qualquer, é algo que vem da alma (parece piegas, mas é adequado), choro de alguém que sempre luta para ser o que é... Choro de amor pela vida... Choro que nos faz refletir tudo o que somos...
Se não dá para entender bem o que é isso não importa, mas é fantástico estar com a Elaine quando ela resolve se restaurar chorando as lágrimas dela, confortá-la de ver a marca que fica na minha camisa depois que ela se liberta de todas as frustrações dela... Então eu vejo a mulher com quem quero passar toda a minha existência, por isso aqui vai a tradução de uma música que eu vou cantar quando pedir a Elaine em casamento:

I'll Be (Eu serei) Edwin McCain

Os filamentos em seus olhos que os colorem maravilhosamente
Interrompem-me e roubam minha respiração
Esmeraldas de montanhas empurradas para o céu
Nunca revelam sua profundidade

Diga-me que pertencemos um ao outro
Vista-se com as decorações do amor
Eu serei cativado, eu ficarei preso aos seus lábios
Ao invés da algema que machuca meu coração

Eu serei um ombro para você chorar
Eu serei um suicida do amor
Eu serei melhor quando ficar mais velho
Eu serei o maior fã de sua vida

A chuva cai furiosa no telhado de lata
Enquanto estamos acordados, deitados em minha cama
Você é minha sobrevivência, você é minha prova viva
Meu amor está vivo e não morto

Diga-me que pertencemos um ao outro
Vista-se com as decorações do amor
Eu serei cativado, eu ficarei preso aos seus lábios
Ao invés da algema que machuca meu coração

Eu serei um ombro para você chorar
Eu serei um suicida do amor
Eu serei melhor quando ficar mais velho
Eu serei o maior fã de sua vida


Sou fã da Elaine... Sou fã da vida dela... Sou fã do nosso amor.... Sou fã das suas lágrimas e mostro com orgulho as marcas que elas deixam em meu coração.

2 comentários:

Elaine postou o comentário número:

oh Reiiiiiiii
Adorei sabe pq é confortante chorar no teu ombro? pq vc nunca pergunta pra mim o motivo...de tanto chororô eu até concordo deve ser mesmo frustações acumuladas destes quase 25 de ano de vida
Vou esperar ansiosamente dia 18 de novembro para ouvir a cantoria

beijos

larissa postou o comentário número:

amigaaaaaaaa
q romântico!!!!!
o Reinaldo pode até não saber os motivos do seu chororô , mas eu lembro muito bem ....
bom, eu lembro que tu choravas por causa daquela farda que tu usavas
chorava por causa da escola que tu estudavas
até por causa de nota vermelha na escola tu choravas
não lembro direito mas como era o nome daquele nerd mesmo por quem tu vivias chorando pelos cantos ?(brincadeirinha amiga)|
huahuahauahauhau
ah não esquece do que a tua avó falava quem chora muito envelhece cedo huahuahuahuaha

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...