Livros para quem convive com crianças.

Escolhi esse tema proposto por Fernanda Reali para a semana das crianças 3 leituras para quem convive com crianças:

Quem Ama, Educa!

Foi o livro mais recente que li é uma leitura interessantíssima pois retrata dilemas atuais! E defende uma educação pautada na ética , onde educamos para a felicidade não só a felicidade de nossos filhos mas a felicidades de todos que com eles convivem, inclusive a felicidade dos pais também!na primeira página do livro tem o seguinte poema:

Os pais podem dar alegria e satisfação a um filho

Mas não há como lhe dar felicidade

Os pais podem aliviar sofrimentos enchendo-o de presentes,

Mas não há como lhe comprar felicidade.

Mas os pais podem aos filhos

Dar muito amor, carinho,respeito,

Ensinar tolerância, solidariedade e cidadania,

Exigir reciprocidade,disciplina e religiosidade,

Reforçar a ética e preservação da Terra.

Pois é de tudo isso que se compõe a auto-estima.

É sobre a auto-estima que repousa a alma,

E é nessa paz que reside a felicidade

Içami Tiba

Inteligência emocional

Inteligência emocional é um livro que todas as pessoas devem ler! Apesar da área administrativa e de negócios terem adotado esse termo; O livro retrata as relações humanas com base em pesquisa científicas, e tem muitos relatos com observação de crianças! O livro tem mais de 300 páginas uma linguagem técnica de psicologia aborda questões revelantes para uma saúde emocional; quem nunca viu uma criança ansiosa, tava lendo a respeito de depressão infantil. Assim que terminei de ler Inteligência Emocional pensei: Quando tiver um filho voltarei a lê-lo.






Pais brilhantes professores fascinantes

Livro de linguagem e vocabulário acessível que retrata que faz uma comparação como ser um pai brilhante que consegue educar os filhos através das emoções, demonstrando, atenção, valores e respeito!

Faz muito tempo que o li e ainda emprestei, mas lembro que ao lê-lo você logo reconhece as suas atitudes cheias de boas intenções mas que pouco surte efeito na educação dos filhos, o autor não nos dá receita, nenhum desses livro nos dá mas nos mostra caminhos e principalmente nos dá a diferença de sermos bons pais e de sermos pais brilhantes!







E vou indicar um livro da área pedagógica

A escrita infantil

Muitas vezes os pais só se interessam pelo aprendizado dos filhos quando os filhos estão na iminência de serem reprovados e são chamados na escola! A responsabilidade de ensinar é da escola porém a responsabilidade de aprender é do aluno e de acompanhar o aprendizado é dos pais!

Na educação infantil de 2 a 5 anos é o momento que o aluno começa a entrar em contato com escrita desde a garatuja até aos cinco quando começa a tentar colocar no papel frases criadas mentalmente!

Porém o processo de aquisição de escrita é complexo e segue uma lógica que é diferente do adulto!

Por isso resolvi indicar este livro uma vez que as vezes em letras misturadas pode ter um primeiro texto da criança, e acredito que essa fase passar de uma maneira natural a criança mais tarde conseguirá escrever muito melhor com textos consistentes.

4 comentários:

LOVE DECOR, por Val Saleme postou o comentário número:

Olá Elaine!!
Conheci o seu blog através do Blog "Um pouco de mim" da Elaine Gaspareto, estive vendo o portifólio dela e qdo me deparei com o trabalho que ela fez para vc seu achei lindo e resolvi abrir o link do seu blog para conhecer.
A dica desses livros é super legal, eu já li há um tempão "Quem ama educa", acho até que vou ler de novo, pois tive outro filho e é sempre bom reler dicas de bons profissionais.
Adorei seu espaço, por isso te linkei e tb estou seguindo, se quiser retribuir a gentileza vou adorar!!
Beijo grande, Val.
http://lovedecorbyvalsaleme.blogspot.com

Fernanda Reali postou o comentário número:

Excelente!!!

Sou muito fã fo Dr. Içami Tiba.

Quem Ama, Educa e Família de Alta Performance a gente lê e relê. Adoroooo.

Estou atualizando meu post com teu link.

beijooooo

Monique postou o comentário número:

oi elaine, td bem? Tenho um filho no 2º ano, tem 7 anos e desde o ano passado, lê e escreve de tudo. Porém a professora não ensinou letra cursiva, pois na opiniao dela, o importante não era "desenhar" a letra, mas o processo da alfabetização em si. concordei com ela, tenso em vista que ele lê muito, mas o que me preocupa é que no ano que vem, ele mudará de professora, e já me falaram que será exigido dele letra cursiva, ele lê a cursiva, mas nao escreve com ela...qual seria tua opinião? a escola pode exigir que tipo de letra o aluno tem que usar?
moniqueprado77@yahoo.com.br

Chris Ferreira postou o comentário número:

Oi Elaine,
Quem Ama Educa eu já li várias vezes e é excelente.
Os outros eu conhecia mas ainda não li.
Adorei as dicas.
beijos
Chris
http://inventandocomamamae.blogspot.com

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...